Contrato de compra e venda de embarcação

Contrato que estipula as condições de compra/venda de uma embarcação tanto para o comprador como para o vendedor

Contrato de compra e venda de embarcação

O que você encontrará nesse guia:

Clique no índice para navegar pelo conteúdo

Índice

Contrato de compra e venda de embarcação

Você sabe quais são os trâmites jurídicos necessários para se adquirir uma embarcação e poder navegar com segurança e legalidade?  

Primeiro, para delinear o processo de documentação, compra e utilização de embarcações amadoras, de esporte e/ou recreio é utilizada a NORMAM-03/DPC da Marinha do Brasil, que surgiu em decorrência da Lei nº 9.537/97, que dispõe sobre a segurança do tráfego aquaviário em águas sob jurisdição nacional – regulamentada pelo Decreto nº 2.596/98

Em geral, você deve solicitar a inscrição de sua embarcação nas Capitanias dos Portos, Delegacias e Agências (CP/DL/AG) ou Tribunal Marinho (dependendo do tamanho da embarcação) onde residir ou onde a embarcação vai operar, mediante apresentação do rol de documentos listados na NORMAM-03/DPC. Após análise do seu processo pelo órgão responsável e concessão da permissão, é necessário regularizar o seguro obrigatório de embarcações (DPEM) e realizar a prova de propriedade de embarcação. Isso para embarcações novas.

Mas no caso da embarcação ser usada? 

O processo será simplificado. Porém, é extremamente importante manter em mente que um grande impasse pode surgir, justamente no momento da compra e venda. E para que esteja 100% preparado para esse processo de negociação, listamos algumas informações importantes acerca do Contrato de Compra e Venda antes de analisarmos como o processo de transferência é realizado nas CP/DL/AG e/ou TM.

Afinal, o que é um contrato de compra e venda e a partir de qual momento devo me preocupar com ele?

O Contrato de Compra e Venda é um negócio jurídico previsto no artigo 481 do Código Civil, que prevê a obrigação do vendedor em transferir o domínio de uma coisa certa para o comprador, mediante pagamento em dinheiro.

Certo, mas o que isso quer dizer? 

Em suma, é um documento que formaliza os termos e condições de uma negociação, como direitos, responsabilidades e vontades das partes.

Nesse contrato existem algumas obrigatoriedades para que seja considerado válido, como a descrição do objeto do contrato, detalhes referentes ao valor estipulado entre as partes, bem como o consentimento de ambas naquela negociação. 

Esse contrato é de extrema importância para a transferência da embarcação já usada, uma vez que sua apresentação é obrigatória. 

Falando em trâmites, falamos que para a transferência da embarcação o processo é simplificado; ,para tanto o comprador deve apresentar apenas o requerimento de transferência de propriedade junto aos mesmos órgãos, munido de documentos pessoais, comprovante de residência, documentação do bem e comprovante de compra e venda.

Para confeccionar seu Contrato de Compra e Venda, listamos abaixo algumas das cláusulas mais importantes de forma mais detalhada.

  • Informações sobre o produto:

Para evitar surpresas desagradáveis para ambas as partes, é importante que haja uma vistoria do bem antes da compra, de modo que conste em contrato estas informações. 

Além disso, é necessário que o produto esteja descrito detalhadamente. Por exemplo, qual é tipo da embarcação (lancha, veleiro iate, etc), modelo, fabricante e construtor, além de detalhes acerca do comprimento e motor.

  • Valor do bem e forma de pagamento

Por se tratar de uma transação que conta com a venda de um bem mediante pagamento, é importante que as deliberações decorrentes desse negócio estejam explícitas no contrato. Questões como o valor total do objeto, número de parcelas (se existir) e data de pagamento, além dos dados bancários para depósito e eventual multa em caso de descumprimento, são alguns dos pontos importantes para se constar no documento.

É importante ter em mente que, embora não haja obrigatoriedade deste documento para efetivar a negociação, é de extrema importância, pois protege os interesses ; além de trazer segurança jurídica para as partes em eventual descumprimento de contrato e posterior judicialização. 

Após seguir esses passos, com certeza poderá curtir sua embarcação com segurança e tranquilidade! 

A TheStartLaw é a NPS 9.2/10 segundo clientes

A startlaw tem nos ajudado muito a estruturar as demandas jurídicas da SDW. É um acompanhamento muito valioso que permite um crescimento saudável para nossa startup e uma tranquilidade para que nossa equipe possa focar no que realmente importa, nosso impacto social!

Anna Luísa Beserra

SDW For All

Perguntas frequentes

Uma lawtech especializada em consolidar as ideias que transformam o mundo através de sistema operacional inteligente que torna as coisas mais fáceis para Startups, com foco na organização da informação jurídica e automatização de contratos. Além de utilizar IA (inteligência artificial) para auxiliar na análise de evidências contratuais e revelar informações inexploradas em seu negócio.

Dedicamos nossos serviços para empreendedores e startups nacionais e internacionais que desejam se consolidar. Criamos planos de atendimento personalizados para certos estágios do ciclo de vida da organização. Você pode escolher o melhor plano adaptado às suas necessidades ou definir uma demanda pontual. Consolidamos seu negócio em cada etapa, desde a ideação ao exit.

Possuímos um extenso rol de áreas do Direito e Tecnologia abordadas por nossa equipe multidisciplinar.