Em um mundo de transformação digital, cada vez mais conectado através de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, aumenta-se a demanda por tecnologias que possibilitem maior velocidade na troca de informações e dados. Com o surgimento de uma rede de banda larga nova e mais eficiente, o 5G vai nos permitir uma conexão muito mais ampla com tudo o que nos rodeia, de pessoas a objetos. A expectativa de que estamos diante de um avanço tecnológico sem precedentes é inevitável, pois o 5G tem potencial para revolucionar a forma com que usamos a internet. Nosso celular, por exemplo, provavelmente vai ser mais rápido que o wi-fi de casa. A nova rede de dados móveis traz a possibilidade de manter quase tudo conectado com muito mais velocidade e capacidade.

O 5G, com toda certeza, não se limita apenas a uma internet de dados mais rápida, mas, a um mundo de novidades em termos de conexão das pessoas e desenvolvimento social e tecnológico que, até então, não havíamos experimentado. A revolução em termos de conectividade acontecerá na medida em que, por exemplo, o 5G poderia suportar simultaneamente mais de 1 milhão de aparelhos conectados por quilômetro quadrado.

A próxima fase da banda larga sem fio possui algumas características que são essenciais para compreender as suas potencialidades e, dentre elas, temos:


• As redes 5G devem consumir até 90% menos energia que as redes 4G atuais;
• Os tempos de conexão entre aparelhos móveis devem ser inferiores a 5 ms (milissegundos), em razão de latência de 30 ms das redes 4G;
• O número de aparelhos conectados por área devem ser 50 a 100 vezes maior que o atual;
• Devem ser realizados aumentos drásticos na duração da bateria de dispositivos rádio receptores.


A sua geladeira, por exemplo, poderá ser programada para avisar quando algum produto estiver acabando, já que a conexão com a internet das coisas tornará possível programá-la para a compra remota de produtos em falta, se assim você desejar. A rapidez no tempo de resposta à execução de comandos na rede 5G permitirá que o sistema de freios de um veículo comunique-se de forma quase que imediata aos smartphones ou smartwatchs dos pedestres, evitando-se o risco de acidentes e colisões, ou seja, cada vez mais o que conhecemos por mundo analógico passará a ser digital, onde nossas vidas serão norteadas de acordo com o que temos de dispositivos ao nosso redor, sejam eles numa esfera particular ou, até mesmo, numa pública.

A conectividade trará uma eficiência muito maior para a sociedade. Nossas vidas se tornarão mais inteligentes e mais assertivas na medida em que teremos a internet 5G e todos os seus benefícios facilitarão nosso dia-a-dia, otimizando o que temos hoje de mais raro e caro: nosso tempo.

As dúvidas quanto à validade e à eficiência dessa nova rede de dados com certeza surgirão, mas, assim como se deu em outros momentos da nossa sociedade, grandes ideias em momentos de incerteza também aparecerão. Um nome se destaca em relação a essa conectividade e interação advindas da internet das coisas: Elon Musk e sua empresa, a Tesla.

Os carros da Tesla, que hoje conseguem andar sozinho, passaram por uma série de análises e reanálises para, enfim, serem comercializados. Hoje, todos os novos automóveis da Tesla saem de fábrica equipados com um hardware avançado capaz de proporcionar as funções de piloto automático e, no futuro, terão capacidade de condução autônoma, através de atualizações de software concebidas para melhorar a funcionalidade ao longo do tempo.

Quer saber mais sobre o conceito de 5G e como funciona? Continue acompanhando nossas redes sociais.

Leave a Reply